Bem-vindo à página oficial da Câmara Municipal de Terras de Bouro

Nota à navegação com tecnologias de apoio h2

Nota à navegação com tecnologias de apoio h3

Saltar para o conteúdo (tecla de atalho 1)

Auditório Municipal acolheu a 2ª Assembleia Municipal de Crianças e Jovens de Terras de Bouro

O Auditório Municipal da sede do concelho recebeu, a 23 de maio, a 2ª Assembleia Municipal de Crianças e Jovens de Terras de Bouro. A mesa da assembleia foi composta pelo Presidente da Assembleia Municipal de Terras de Bouro, Augusto Braga, pelo Presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro, Manuel Tibo, pela Diretora do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro, Virgínia Gomes e pelas Presidente e Vice-Presidente da Associação de Estudantes.

IMG 20240523 WA0007

A atividade contou também com a presença da Vereadora Ana Genoveva Araújo e registou a participação de alunos do 2º ciclo, 3º ciclo e ensino secundário e profissional do Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro. Esta 2ª Assembleia teve como único ponto da ordem de trabalhos, a auscultação das crianças e jovens de Terras de Bouro relativamente ao Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro e ao Concelho de Terras de Bouro. O Presidente da Assembleia Municipal fez a abertura da sessão e explicou aos alunos o modo de funcionamento de uma assembleia, gerindo as intervenções efetuadas pelos(as) alunos(as) e dando a palavra à Diretora do Agrupamento de Escolas e ao Presidente da Câmara, consoante o teor da intervenção realizada.

A Diretora do Agrupamento de Escolas teve a oportunidade de esclarecer os alunos, que elegeram como temáticas a apresentar: a Saúde Mental dos Jovens e Ser Jovem em Terras de Bouro,  e tomou notas relativamente às intervenções efetuadas no que diz respeito à escola, terminando a sua intervenção com um agradecimento aos docentes que trabalharam com as turmas na preparação desta atividade, demonstrando assim o seu orgulho no desempenho dos alunos. No que diz respeito às intervenções referentes ao concelho, o Presidente da Câmara Municipal esclareceu todas as questões colocadas, dando conhecimento dos projetos municipais que se encontram a decorrer, das iniciativas que pretende realizar, tendo inclusive o seu discurso sido bastante esclarecedor sobre o concelho que temos no presente e sobre o percurso que será trilhado para o “Concelho que todos queremos para futuro”, sublinhou.

Esta atividade teve como objetivos: promover a audição e a participação das crianças e jovens, estimular os valores para o desenvolvimento de uma cidadania ativa, consciente, crítica e participativa; promover a participação e o envolvimento dos alunos na vida da escola; promover o conhecimento específico da comunidade em que a escola se insere; criar na escola espaços e tempos para que os alunos intervenham livre e responsavelmente de modo regular, fazendo ouvir a sua voz. Cumpre-se assim, o direito à participação, com a criação de um espaço onde as crianças e jovens possam expor as suas ideias e opiniões livremente em relação a todos os assuntos que lhes digam diretamente respeito, tal como consagrado do art.12º da Convenção sobre os Direitos das Criança. Visou ainda proporcionar o acesso a ferramentas que lhes permitam conhecer o funcionamento do sistema democrático e decisório português, potenciando uma aproximação aos principais Órgãos de Poder Político Local e à possibilidade de expor as suas opiniões, anseios, necessidades e expectativas, de forma correta, junto dos diferentes órgãos de representação política.

Esta iniciativa decorreu no âmbito da implementação do Plano Local de Promoção e Proteção de Crianças e Jovens de Terras de Bouro - Ser + Criança, no que diz respeito ao 3º eixo temático de intervenção, Promover o Acesso à informação e à Participação das Crianças e Jovens, e do Plano 21/23 Escola +, no âmbito do Eixo 1. Ensinar e Aprender, Domínio + Recursos Educativos, Ação Específica “A voz dos alunos”.

 

 

 

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. mais informação