Cibões e Brufe

A União das Freguesias de Cibões e Brufe foi criada após a reorganização administrativa de 2013, e juntou as antigas freguesias de Cibões e de Brufe.

 População Residente na União das Freguesias de Cibões e Brufe

421 habitantes (2011)

 

Antiga freguesia de Cibões

Cibões está situada na margem direita do rio Homem, em vertente montanhosa muito acidentada, com visão para algumas freguesias, designadamente Carvalheira, Chamoim e Gondoriz. O lugar de Gilbarbedo foi sede do extinto concelho de Vila Garcia. Fica-lhe sobranceira a serra Amarela, sendo o seu denominador comum.

A Igreja manifesta na padieira o ano de 1728, com uma capela-mor que à semelhança da matriz encontra-se azulejada. Foi abadia de apresentação do padroado Real e tem como orago S. Mamede. Possui diversas ermidas com destaque para S. Domingos, em Cotelo, N.ª Senhora do Amparo, em Cabenco, S. Tomé, em Gilbarbedo e Santa Maria Madalena, em Vergaço.

 

Identificação/Constituição dos aglomerados habitacionais
Assento, Cotelo, Cabenco, Gilbarbedo, Estoufe, Figueiredo, Lama, Levada, Parreirinha e Vergaço.

População Residente na antiga freguesia de Cibões
371 habitantes (2011)

Colectividades
Associação Cultural e Recreativa de Cibões. Conselho Directivo do Baldio, Clube de Caça e Pesca e Junta de Freguesia.

Equipamento/Infra-estruturas sociais e educativas
Escolas do 1º ciclo de Cibões, Gilbarbedo 1 e Assento, Centro Cultural, Centro de Dia, Jardim de Infância e ATL.

Festas e Romarias
S. Mamede (2º Domingo de Agosto), S. Tomé de Gilbarbedo (Julho), S. Tiago (Julho) e Senhora do Amparo (Dezembro)

Património Histórico-cultural
A aldeia Tradicional de Cortinhas, onde predomina um Turismo Rural, de vertente alojamento e actividades agro-silvo-pastoris.

Actividades económicas
Agro-pecuária, construção civil, comércio, artesanato, espaços TER.

 

Antiga freguesia de Brufe

Brufe encontra-se na vertente da serra Amarela, em fronte com a freguesia de Carvalheira e a montante com a albufeira de Vilarinho das Furnas, onde outrora vigorou a aldeia comunitária de Vilarinho das Furnas.

A aldeia de Brufe revela um elevado patrimonio rural que denuncia o enraizamento de culturas e tradições peculiares, símbolo arcaico das comunidades oriundas dos territórios de montanha. O conjunto habitacional, organizou-se ao longo de terrenos acidentados e, hoje, constitui uma aldeia turística composta por construções arquitectonicamente simples, de sólidas paredes de alvenaria granítica e madeiramentos a ornar as varandas e janelas. Os espigueiros, eiras, sequeiras e moinhos-de-água perfazem um ambiente harmonioso, eminentemente rural.

A matriz encontra-se entre os dois únicos lugares da freguesia: Cortinhas e Brufe, reconstruída em 1881/82, tendo como orago o Divino Espírito Santo.

 

Identificação/Constituição dos aglomerados habitacionais

Cortinhas e Brufe

População Residente na antiga freguesia de Brufe

50 habitantes (2011)

Colectividades

Junta de freguesia, sita no lugar de Brufe e Conselho Directivo do Baldio de Cortinhas.

Equipamento/Infra-estruturas sociais e educativas

Centro Cultural de Brufe

Festas e Romarias

Festa do Espírito Santo (Maio ou Junho)

Património Histórico-cultural

Aldeias de Cortinhas e Brufe, fojo-do-lobo de Brufe, Serra Amarela, trincheira, fojo-do-lobo de vilarinho, casarotas e colmeias ou silhas dos ursos.

Actividades económicas

Agricultura, pastorícia, artesanato, restauração, serviço de alojamento na modalidade TER.

 

 

 

© Câmara Municipal de Terras de Bouro 2015, Todos os direitos reservados.

Praça do Município - Moimenta, 4840-100 Terras de Bouro | Telefone 253 350010 | Fax 253 351894 | geral@cm-terrasdebouro.pt

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. mais informação